facebook instagram
Portal de Turismo de
Massaranduba

Massaranduba


{{previsaoTempo.dia1.diaSemana}} {{previsaoTempo.dia1.condicao}} min {{previsaoTempo.dia1.minima}} / max {{previsaoTempo.dia1.maxima}}
{{previsaoTempo.dia2.diaSemana}} {{previsaoTempo.dia2.condicao}} min {{previsaoTempo.dia2.minima}} / max {{previsaoTempo.dia2.maxima}}

Apresentação

Foi à presença abundante da árvore Maçaranduba que deu a denominação a este município, Massaranduba. Os primeiros imigrantes que chegaram e iniciaram o processo de ocupação definitiva das terras eram Alemães, Italianos, Poloneses e Lusos Brasileiros. Antes da chegada destes havia presença indígena.  As ocupações dos imigrantes europeus deram-se possivelmente por volta de 1870.  A cidade foi emancipada em 11 de novembro de 1961.

A dedicação do agricultor à rizicultura, com o cultivo do arroz irrigado, deu ao Município de Massaranduba o título de Capital Catarinense do Arroz. Destacam-se também o cultivo da banana, palmeira real, eucalipto, pinus, a criação de peixes em açudes.v A principal fonte de geração de empregos está voltada para as indústrias nas áreas de beneficiamento de arroz, têxteis, moveleiras, esquadrias, químicas, plásticas e metalúrgicas. As origens da população se revelam na música, na gastronomia e nas danças folclóricas. As tradições dos imigrantes, que também são cultivadas nos bailes e festas típicas.

As atrações turísticas incluem pesque pague, Hotel Fazenda, Revitacentri (com terapias alternativas)  engenhos de cana-de-açúcar e fabricação de cachaça, cachoeiras, edificações antigas, igrejas, grutas e o morro do Santo Anjo.

Os eventos do município são diversos, onde podemos citar as tradicionais festas: de igrejas, de caça e tiro, da Polenta, da Fortaia, a Stammtisch, do Bandonion, Polski Festyn, da Banana e a tradicional FECARROZ (Festa Catarinense do Arroz) realizada de dois em dois anos.  Os encontros promovidos pelos Clubes de Trilheiros têm ganhado muita adesão e participação de um grande número de adeptos.

Imagem ilustrativa região turística Caminho dos Príncipes

Caminho dos Príncipes

A região recebeu esse nome por fazer parte do dote da princesa Francisca Carolina, irmã de D. Pedro II, quando se casou com o príncipe de Joinville. A Serra do Mar e seu entorno com a Mata Atlântica, córregos e cachoeiras, o histórico município de São Francisco do SUl e as charmosas paisagens rurais encantam os visitantes. Também chama a atenção as festas conhecidas nacionalmente como a Festa das Flores e o famoso Festival de Dança de Joinville.

Saiba mais sobre a região Caminho dos Príncipes acessando o
IDMS de Massaranduba
Índice de Desenvolvimento Municipal Sustentável
0,000
Borracharia, oficinas, clínicas, farmácias, imobiliárias, guias de turismo, telefones úteis, etc... Conheça o guia completo de serviços de Massaranduba.
Saiba Mais

COMO CHEGAR

PRINCIPAIS DISTÂNCIAS

Florianópolis, SC 172 km 2 horas 19 minutos Ver mapa >
Blumenau, SC 41,0 km 50 minutos Ver mapa >
Joinville, SC 64,1 km 1 hora 2 minutos Ver mapa >
Chapecó, SC 504 km 7 horas 20 minutos Ver mapa >
Lages, SC 249 km 3 horas 56 minutos Ver mapa >
Criciúma, SC 352 km 4 horas 19 minutos Ver mapa >
Porto Alegre, RS 607 km 6 horas 59 minutos Ver mapa >
Curitiba, PR 176 km 2 horas 33 minutos Ver mapa >
São Paulo, SP 573 km 7 horas 33 minutos Ver mapa >
Brasília, DF 1.554 km 18 horas 53 minutos Ver mapa >